Produção industrial do Estado do Rio de Janeiro cresce 3,1% em setembro

Indústria fluminense acumula, nos últimos 12 meses, alta de 5,3%

A produção industrial do Estado do Rio de Janeiro cresceu 3,1%, acima da média nacional (0,1%) na passagem de agosto para setembro. É o segundo maior crescimento do país no mês. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) Regional divulgada pelo IBGE na quarta-feira (8/11).

– Nos últimos anos, o Governo do Rio trabalhou por leis modernas e ágeis. Retomamos também o processo de avaliação da concessão de incentivos fiscais. Estas ações têm permitido dotar o Estado de algo fundamental para o empresariado, que é a segurança jurídica para investir no território fluminense – avalia o governador Cláudio Castro.

Leia também: Maricá tem contas aprovadas por unanimidade pelo TCE

De acordo com o IBGE, na comparação anual (setembro de 2022 ante setembro de 2023), o crescimento registrado foi de 8,5%. Com isso, a produção industrial fluminense acumula, nos últimos 12 meses, alta de 5,3% e, nos nove primeiros meses do ano, de janeiro a setembro, alta de 4,4%. O desempenho foi impulsionado, sobretudo, pela produção da cadeia de petróleo e gás: indústria extrativa e derivados do petróleo e biocombustíveis.

– Estamos disponibilizando todas as ferramentas para promover o desenvolvimento, a competitividade da indústria fluminense e a reindustrialização do estado, alavancando investimentos que gerem emprego e renda para a população – destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Vinicius Farah.