Recursos do seguro-desemprego poderão ajudar na qualificação

Os recursos do abono e do seguro-desemprego que não forem usados pelos trabalhadores poderão ser destinados à qualificação profissional. Esta é uma das propostas que o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, vai levar para a presidenta Dilma Rousseff, na primeira reunião ministerial do novo governo. "Eu já tenho programas para serem desenvolvidos. Vou sugerir que todos os recursos do abono e do seguro-desemprego que não são utilizados pelos trabalhadores sejam carimbados e direcionados para a qualificação profissional. Ela será minha prioridade", afirmou Lupi durante almoço com jornalistas, em Brasília, dia 29. Segundo ele, essa deverá ser negociada com o Congresso Nacional, por onde o projeto deverá passar.

Além disso, o ministro pretende investir na formação dos trabalhadores por meio de cursos profissionalizantes obrigatórios para quem estiver recebendo o seguro desemprego. "Essa não é uma ideia minha. Já existe isso na Itália, onde os trabalhadores que recebem o seguro são obrigados a fazer um curso de qualificação profissional, para que possa estar preparado para um novo emprego", disse. Sobre a estimativa de geração de empregos para 2011, o ministro do Trabalho disse que a meta é criar 3 milhões de postos de trabalho.

  • Escrito por alberto ellobo
  • Categoria: País

Aprovado empréstimo de R$ 1 bilhão para a construção de Belo Monte

O empréstimo-ponte no valor de R$ 1,087 bilhão foi aprovado na semana passada pelo Conselho do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o projeto de implantação da Usina de Belo Monte, no Pará. A obra integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. O consórcio Norte Energia que vai construir e operar a hidrelétrica, usará o adiantamento dos recursos do banco na aquisição de materiais e equipamentos nacionais e na elaboração de estudos técnicos para a obra, informou a assessoria de imprensa do BNDES. O contrato será assinado em janeiro.

Um financiamento de longo prazo para a obra está sendo estudado pelo departamento técnico do banco e depende da conclusão do processo de licenciamento ambiental e de instalação da usina. As obras deverão gerar 18,7 mil empregos diretos e 23 mil indiretos. A previsão é que a primeira unidade geradora de energia de Belo Monte comece a funcionar comercialmente em fevereiro de 2015. A unidade vai operar a fio d’água, o que significa que não terá reservatório de acumulação.

A Usina de Belo Monte terá capacidade instalada de 11,233 mil megawatts (MW), a segunda maior capacidade de geração de energia do país, atrás apenas de Itaipu.

  • Escrito por alberto ellobo
  • Categoria: País

Estudantes protestam no Palácio do Planalto contra reajuste de parlamentares

foto: Valter Campanato/ABrEm uma manifestação contra o aumento dos parlamentares, estudantes subiram a rampa do Palácio do Planalto, na segunda-feira (27) com cartazes e gritos de protesto. Eles permaneceram sentados no local durante cerca de 20 minutos, depois de terem sido impedidos de chegar ao topo pela segurança presidencial e a Polícia Militar. A manifestação começou em frente ao Congresso Nacional e, de acordo com o aluno Lucas Brito, faz parte de uma mobilização estudantil nacional contra o aumento aprovado pelo Congresso no último dia 15. Além dos salários de deputados e senadores, terão reajuste os de ministros, e do presidente e vice-presidente da República.

Os mesmos estudantes já haviam feito um protesto em frente ao Congresso , no dia da votação do Orçamento. "O objetivo não é invadir prédio público, mas reivindicar o direito de participar do processo decisório no país. Queremos um posicionamento do presidente Lula e da presidente eleita, Dilma Rousseff, sobre o aumento", explicou Brito. A manifestação, que reuniu aproximadamente 100 estudantes, atrapalhou o trânsito em frente ao Palácio do Planalto e mobilizou sete viaturas da Polícia Militar. Após o protesto, os estudantes deixaram o local espontaneamente.

  • Escrito por alberto ellobo
  • Categoria: País

Programa atende maiores de 60 anos também na temporada do verão

O programa "Viaja Mais Melhor Idade", do Ministério do Turismo, em parceria com a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), para atender os turistas brasileiros maiores de 60 anos, inicia no dia 9 de janeiro a temporada 2011, com inovações. Segundo o gerente nacional do programa, Enzo Arns, essa temporada se diferencia da anterior porque oferece, pela primeira vez aos aposentados, a oportunidade de viajar no verão, que é considerado um período de altíssima temporada turística. Em 2010, a temporada começou em março.

Enzo explicou que o atendimento às demandas dos turistas com mais de 60 anos foi iniciado já a partir do segundo semestre deste ano, com a venda de pacotes para assistir ao Natal Luz, em Gramado (RS), e para as praias do nordeste. "Hoje, como já tem uma venda de baixa temporada bastante consolidada, a gente não vê problema de oferecer também um produto de alta temporada, até porque tem demanda, tem um público interessado. Significa a maturidade desse programa, que está com pouco mais de 3 anos e é exitoso em todas as suas vertentes", explicou.

A nova temporada será aberta por um cruzeiro no navio Imperatriz, da CVC, uma das operadoras credenciadas do programa, do qual participarão pelo menos 500 passageiros da melhor idade. A capacidade total do navio é de 1.600 passageiros, dos quais boa parte deverá ser de acompanhantes de idosos. Enzo lembrou que o programa não se restringe somente à venda de pacotes turísticos, mas engloba descontos na aquisição de hotéis e, mais recentemente, descontos de 25% a 35% em passagens aéreas, graças à parceria com a empresa de aviação Trip.

  • Escrito por alberto ellobo
  • Categoria: País
Outubro Rosa
Outubro Rosa