A Ilha do Governador poderá ter um representante para chamar de seu

Insulano de nascimento, Guilherme Mayer aos 67 anos, não abre mão de lutar pela Ilha

“Guilherme Mayer é advogado, tem 67 anos de idade, quase cinquenta anos atuando, se dedicando às pessoas, à Ilha do Governador, às comunidades, à cidade do Rio de Janeiro”, assim respondeu o entrevistado quando perguntado quem é.

O cidadão contou que solicitou para várias demandas da região, como a iluminação, as praças e questão de segurança delas, brinquedos para as crianças e aparelhos de ginástica para os idosos. “Como morador da Ilha busquei também e cobrei a questão do hospital Paulino Werneck, com maternidade e pequenas cirurgias, o que é uma vitória, ele está pronto, só é preciso inaugurar”.

Perguntado se questões políticas atrapalharam a inauguração do hospital na atual gestão, Mayer disse que não faria especulações: “eu imagino os motivos, mas não posso falar sem ter certeza, eu seria leviano. Posso afirmar que está pronto. Pedi muito pela Ilha, o Sebastião Bruno era na época o Secretário de Obras e Infraestrutura e o Dr. Luizinho, que é médico, atualmente deputado federal e presidente do PP [Partido Progressista], foi quem muito ajudou, junto com Sebastião Bruno, a executar a obra do Paulino Werneck. Na época, eu sei que não se inaugurou por causa da pandemia, mas agora não sei por que não inaugura”.

Leia também: Cidade do Rio tem transmissão local de Varíola dos Macacos

Guilherme é pré-candidato ao cargo de deputado estadual e o Capital quis saber o que o levou a tomar essa decisão: “decidi porque a 50 anos eu venho, enquanto cidadão e morador, ajudando a Ilha do Governador, as pessoas, não só as mais carente, mas a Ilha do Governador como um todo”, e explicou, “as pessoas me dizem que devo ser candidato, falam “Guilherme, você está sempre preocupado com as pessoas, então deveria ser candidato” e ainda me questionam porque nunca fui”.

Mayer disse que já são 50 anos de amor a Ilha do Governador e a cidade do Rio de Janeiro: “tenho 67 anos, nasci no Paulino Werneck”. Ele explica que caso aceite o desafio, será pela Ilha e atendendo o apelo dos amigos. “O Luizinho me falou “Guilherme, você tem que vir [candidato]”. Os amigos me pediram, as pessoas falaram, mas eu nunca pensei em ser candidato”. Guilherme explicou que sempre procurou ajudar as pessoas sem interesse algum, mas que os pedidos e declarações de apoio dos amigos o incentivam.

O advogado revelou que tem ideias e projetos que nunca conseguiu colocar em prática, mas que as pessoas já o veem como alguém que sempre procura ajudar. “Sou sempre solicitado porque toda minha vida procurei ajudar. A cada dia é uma demanda, a cada dia alguém necessitando de um auxílio, e sinto prazer em ajudar as pessoas. É por isso que sou pré-candidato a deputado estadual. Sou pela Ilha do Governador e pela cidade do Rio de Janeiro”.

Leia também: Entidades do setor produtivo criticam aumento da Selic

Perguntamos se, com tudo que o Guilherme já fez em prol dos insulanos, na próxima eleição a Ilha do Governador terá um candidato para chamar de seu, e Mayer respondeu: “quando um político vem de fora da Ilha, convence o insulano e trabalha também pelos moradores daqui, ele fez por merecer a oportunidade, mas não é isso que acontece. O que sempre acontece é o cara vir aqui, colher os frutos e esquece da Ilha do Governador, só lembrando depois de quatro anos”, e completou, “então acho que o morador da Ilha tem que ter maturidade entender realmente se preocupa com a Ilha, ama esse lugar. Tem que conhece a localidade e seus problemas. Tem que se dedicar para que a Ilha do Governador tenha seus problemas resolvidos”.

- Meu sonho é transformar projetos em realidade, não só para Ilha, mas para a cidade do Rio de Janeiro. Tenho projetos, soluções e disposição para trabalhar. Sou Guilherme Mayer e desejo do fundo do meu coração, se for da vontade de Deus, ser o candidato que a Ilha do Governador poderá chamar de seu.

Abrimos espaço para que o Guilherme fizesse algumas considerações e ele apenas quis, “agradecer às pessoas que me apoiam, estão ao meu lado acreditando, e principalmente ao Senhor Deus e a minha família”.

MEDCOR Exames Cardiológicos