Patrimônios culturais e arquitetônicos serão monitorados por satélite

Parceria entre Governo do Rio e Ministério da Cultura da Itália terá como foco equipamentos de comunidades carentes

Patrimônios culturais, arquitetônicos e sociais fluminenses serão monitorados por satélites. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (11/11), pelo governador Cláudio Castro, em reunião realizada com a vice-ministra da Cultura da Itália, Lucia Borgonzoni, em Roma. A ação conjunta tem como foco equipamentos de comunidades carentes.

- Preservar os nossos patrimônios históricos é uma preocupação. Por isso, o acordo assinado hoje com o governo da Itália vai ser essencial. Vamos proteger os bens culturais de mudanças climáticas e da degradação urbana e ambiental, que podem levar à perda dessa herança histórica - afirmou Cláudio Castro.

O acordo prevê, além da segurança do bem cultural, a realização de atividades conjuntas para desenvolvimento de empreendimentos, formação profissional e aquisição de novas tecnologias.
A parceria inclui o apoio a jovens em setores como arte, arquitetura, design e curadoria, com destaque para práticas artísticas sustentáveis ligadas a processos de regeneração de espaços em desuso e áreas carentes. Todos os projetos e ações serão realizados por meio de intercâmbio entre os governos.

Leia também: Governador viaja à Europa para atrair investimentos para o estado

- A ideia é usar tecnologias de monitoramento de múltiplos sistemas por satélite do patrimônio cultural da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) - disse a vice-ministra da Cultura.

Os secretários da Casa Civil, Nicola Miccione, de Desenvolvimento Econômico, Vinicius Farah, e do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha, também participaram da visita.

MEDCOR Exames Cardiológicos