Emergência do Hospital Municipal de São João de Meriti entra em operação

  • Publicado em Matérias

Para dar conta de cerca de meio milhão de habitantes e moradores de cidades vizinhas um complexo de saúde cerca o hospital

Emergência do Hospital Municipal de São João de Meriti fachada2Inaugurado simbolicamente há cerca de seis meses, o Hospital Municipal de São João de Meriti (primeiro da cidade) passará a atender todas as emergências a partir desta segunda-feira (23/11).

O local, que abrigava o antigo Posto de Assistência Médica – PAM, passou por grande reforma e foi aberto  em maio deste ano, quando começou a funcionar recebendo exclusivamente pacientes graves da covid-19, transferidos da UPA do bairro Jardim Íris.

Leia também: Hemocentros do Brasil se unem em homenagem ao Dia Nacional do Doador de Sangue

Depois de atender centenas desses pacientes em seus 30 leitos de UTI (cadastrados no Ministério da Saúde), a unidade vai receber pessoas com todo tipo de urgência e de emergência. Para evitar o contato entre eles, aqueles que estiverem em tratamento vão ficar exclusivamente no segundo andar do prédio.

O diretor médico do hospital, Dr. Altair Soares, contou como a unidade vai passar a operar: “No primeiro andar do hospital teremos a sala verde para pacientes sem gravidades e a sala vermelha para os pacientes graves, contando com suporte de ambulâncias. Já no segundo andar teremos as enfermarias exclusivas para os pacientes com covid-19”, disse.

Emergência do Hospital Municipal de São João de Meriti FachadaAlém de leitos de UTI, o novo hospital conta com aparelhos modernos e novos, como monitores e respiradores, usina de oxigênio, elevador, sala de pronto atendimento, emergência para pacientes graves, sala de sorologia, sala de espera, ar-condicionado, mobiliário novo, entre outras coisas, tudo isso funcionando junto com o Centro de Imagem e Diagnóstico - CID, com tomógrafo, ressonância magnética, densitometria óssea, ultrassonografia, mamografia de alta resolução e laboratório. Além disso, o centro cirúrgico está sendo preparado no terceiro andar, algo inédito no município.

Vale lembrar que no último dia 27 de maio, apenas sete dias após ser inaugurado, o hospital registrou sua primeira alta, o paciente Jaime de Jesus Trindade (47), que estava tratando covid-19, pôde voltar para sua família como diversos outros fariam nos meses seguintes.

Rede de Saúde

Para dar conta de cerca de meio milhão de habitantes e atender moradores de cidades vizinhas, um verdadeiro complexo de saúde cerca o hospital.

São duas UPAs 24h para urgência e emergência (uma adulta e uma pediátrica), postos de saúde com programas voltados para as famílias e atenção básica, Centro de Saúde Aníbal Viriato, Laboratório Central, Centro de Imagem e Diagnóstico – CID (moderno e equipado), SAMU (referência em qualidade de atendimento), CAPS - Centro de Atendimento Psicossocial III, Álcool e Drogas e o Infanto-Juvenil. Nossa Saúde Mental é referência no Estado.

Além disso, existem unidades em reformas para aumentar ainda mais a capacidade de atendimento da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São João de Meriti.